Conhecendo os Setores: Mercado Financeiro

Nos dias 1, 2 e 3 de setembro, o WI Online, a maior feira de recrutamento virtual da América Latina, promoverá a aproximação de estudantes universitários com dezenas de empresas dos mais diversos setores do mercado de trabalho.


Buscando educar ainda mais nosso público, estaremos trazendo uma sequência de postagens descrevendo cada um dos setores, os tipos de empresas que fazem parte deles, e quais são as possibilidades de atuação que cada um oferece. E, para iniciar, falaremos um pouquinho sobre o Mercado Financeiro nesse texto, que estará presente no WI Online no dia 1 de setembro!



O MERCADO FINANCEIRO


O mercado financeiro é um ambiente de negociação de ativos, como valores mobiliários (ações, opções, títulos), câmbio, mercadoria, commodities, entre outros bens e ativos com algum valor financeiro.

Basicamente, a função do setor é ser o intermediador entre credores (investidores que desejam gerar mais dinheiro a partir do que já possuem) e captadores (tomadores de recursos que necessitam de dinheiro para determinados objetivos).


Diversas instituições são responsáveis por realizar essa intermediação através de diversos mecanismos que viabilizam as negociações. Além disso, existem outras que regulamentam e fiscalizam o mercado financeiro, como o Banco Central (BC), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Conselho Monetário Nacional (CMN).



EMPRESAS DO SETOR


O mercado financeiro oferece diversas possibilidades de atuação. A seguir, são listadas alguns dos principais tipos de empresas do setor:


  • Bancos de Varejo: instituições que realizam transações diretamente com pessoas físicas e jurídicas. Captam depósitos e concedem empréstimos, financiamentos e opções de investimento aos clientes;

  • Bancos de Investimento: trabalham com grandes instituições ajudando seus clientes em mudanças de estrutura e levantamento de capital. Administram fundos de investimento e auxiliam empresas a abrir capital na bolsa de valores;

  • Gestoras: Administram o dinheiro confiado e investido por seus clientes, sejam eles empresas ou pessoas, buscando as melhores oportunidades de investimento, que podem ser diversos tipos de ativos, ou assets;

  • Real State: normalmente associado ao mercado imobiliário, existem várias possibilidades de atuação, como a venda e locação de propriedades para indivíduos e a gerência de ativos e projetos imobiliários;

  • Corretoras de Valores Mobiliários: a corretora possui como função captar recursos com os investidores para aplicar no mercado de ações. De forma resumida, o corretor deve acompanhar o mercado para acompanhar o melhor momento para comprar e vender ações.



CARREIRAS NO MERCADO FINANCEIRO


Falando agora sobre possíveis carreiras no mercado financeiro, são várias as opções que é possível seguir. Entre elas, estão:


  • Analista Buy-side: tem como objetivo final apresentar uma tese de investimento fundamentada sobre uma empresa em específico. São responsáveis pela análise financeira de empresas e no desenvolvimento de estratégias de investimento, sendo capazes de responder se determinado investimento é bom ou não para sua própria empresa;

  • Analista Sell-side: responsável por mapear o mercado em busca de melhores oportunidades de aportes. Trabalha fornecendo informações e análises completas sobre um ativo, oferecendo aos seus clientes opiniões acerca de eventos e estruturando teses de investimento. Suas funções são muito semelhantes à do analista buy-side, diferenciando apenas o publico final que faz uso das análises produzidas;

  • Analista de Quantitativo: uma carreira muito baseada em habilidades em programação, estatística e probabilidade. É responsável pela aplicação de métodos estatísticos em problemas financeiros e de gestão de riscos, prevendo movimentos do mercado e se beneficiando deles;

  • Trader: carreira que busca ganhar dinheiro com operações de curto prazo, aproveitando-se da volatilidade do mercado. O profissional deve tomar decisões de investimento sobre o capital de sua empresa ou de terceiros;

  • Analista de Private Equity: seu objetivo é encontrar empresas com elevado potencial de crescimento e rentabilidade para posteriormente implementar melhorias nela através de investimentos, assim possibilitando sua venda por um valor maior. Deve ser capacitado para realizar análises financeiras e setoriais, planejamentos estratégicos e negociações;

  • Analista de Investment Banking: atuação dentro de banco de investimentos. A responsabilidade desse cargo é gerar conteúdo e transformar dados em informações úteis. Com o passar do tempo, o analista passa a lidar diretamente com o cliente, sugerindo e estruturando operações (fusões, aquisições, entre outros);

  • Analista de Crédito: responsável por estudar os casos trazidos pelo comercial de crédito, classificar o nível de risco da operação e, muitas vezes, apresentar o caso no comitê de crédito.



De forma resumida, trouxemos um pouco sobre o que é o mercado financeiro e quais são algumas possibilidades de atuação dentro do setor. Porém, ainda há muito mais para ser conhecido! E a melhor forma de fazer isso é conversando com pessoas que já fazem parte desse mundo.


No dia 1 de setembro, o WI Online trará grandes empresas do mercado financeiro para se relacionar com seus visitantes por meio de conversas com seus representantes, conteúdos de capacitação, palestras e muito mais! Não perca essa chance de moldar o seu futuro e estar cada vez melhor direcionado para o mercado de trabalho!

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

(11) 99151-9115

  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook Clean
  • White YouTube Icon

Av. Professor Mello Moraes, 2231 - Ed. da Eng. Mecânica da USP - Butantã - São Paulo

WI30-White-Long_edited.png